quarta-feira, novembro 21, 2012

Como superar os desafios da dieta?

Oieeee! Tudo bem?! Como anda a semana de vocês?! A minha tá certinha, graças a Deus!
Resumo de ontem:
R.A.: ok (Tudo certinho, nada de exageros ou escorregadas!)
Agua: ok (2L só no trabalho,fora o que tomo em casa)
A.F.: ok (Não fui caminhar, mas fiz 40min de Eliptico,tá bom,ne?!)
Gente, amanhã faço um mês de R.A. e A.F.!!! To super anciosa pra saber quais serao as diferenças!!!
O post de amanhã vai ser um relatório de tudo que aconteceu nesse mês, não deixem de ver!

Meninas, agora...que é difícil perder peso agente sabe,né?! Mas sabiam que conhecer de antemão os desafios que a dieta lhe reserva semana a semana, mês a mês pode nos ajudar a nos mantermos fieis às fatias de melancia na sobremesa - sem sucumbir ao petit gâteau quentinho, molhado e doce de doer a garganta???
Então, vamos seguir essas estratégias e fazer com que o regime deixe de ser um tormento diário para se transformar em um novo estilo de vida!!!




À prova de recaídas: aprenda a superar os desafios da dieta para que os ponteiros da balança não voltem a subir jamais! Aqui tem um passo a passo de todo o processo de uma R.A. ao longo do tempo, é bem bacana!

1ª SEMANA - Você está morrendo de fome. Mesmo

Supere isso... caprichando no café da manhã.
Se durante os primeiros dias de dieta sua boca saliva até por um prato de chuchu, é porque ingerir menos calorias faz o seu corpo produzir grelina, hormônio responsável pela sensação de fome. Para reverter isso, capriche na porção de proteínas logo pela manhã.
Por isso, reforce o cardápio com leite ou iogurte desnatado, omelete (só com as claras) ou um lanche de pão integral com queijo branco e duas fatias de peito de peru.

2ª SEMANA - O regime deixa você desanimada e irritada

Supere isso... encontrando seus amigos.
Não é segredo que a dieta mexe tanto com seus nervos como com seu corpo. O estresse gerado pela restrição alimentar representa duplo perigo. Primeiro, ele pode trazer de volta antigos hábitos alimentares. Segundo, aumenta a produção do hormônio cortisol, o que dificulta o emagrecimento. É quando você deve buscar o apoio dos amigos em sua cruzada contra a balança.
E tenha fé: se você chegou até aqui, em poucos dias o quadro ficará menos desesperador. "Depois de 21 dias, uma ação repetida torna-se um hábito", afirma a nutricionista Rovenia Brock, da American Dietetic Association.

3ª SEMANA - Na TPM você devora sorvete com batatinha

Supere isso... comendo com frequência.
Nos últimos 14 dias do seu ciclo menstrual - a chamada fase lútea -, há um aumento no nível de progesterona. Nesse período, a serotonina, hormônio do bem-estar, diminui, junto com a endorfina e a dopamina, dois neurotransmissores responsáveis por ajudar seu corpo a combater o stress. Além disso, a sensibilidade à insulina cresce, aumentando ainda mais seu desejo por comida.
Nessa fase maluca, fracione sua alimentação em pequenas porções, tentando comer de 3 em 3 horas para estabilizar o nível de açúcar no sangue e reduzir a fadiga e o inchaço que tomam conta de você na TPM.
Aposte em frutas com casca, como a maçã, ou barras de cereal, ricas em fibras.

6ª SEMANA - Os números da balança não mudam

Supere isso... experimentando um jeans justo.
Com seis semanas de atividade física, você vai notar que tem mais músculos e menos gordura. Isso é bom, mesmo que o ponteiro da balança não se altere - ou mesmo suba.
Ainda que não pese menos, você está progredindo. Isso porque mesmo em repouso as células do músculo gastam mais calorias do que as de gordura - é o chamado metabolismo basal, que aumenta.
Então, quanto mais músculos, mais calorias você gasta, mesmo quando não está malhando. Para diminuir a frustração, procure outras maneiras de medir seu progresso. Suas roupas estão mais confortáveis? Consegue conversar enquanto corre? Está mais feliz? Tudo isso conta tanto quanto a quantidade de quilos - ou mais.
 
6º MÊS - Você simplesmente para de emagrecer

Supere isso... variando o exercício.
Você não está fazendo nada errado. A perda de peso diminui ou para depois de seis meses. O corpo desenvolve mecanismos de executar o mesmo movimento queimando menos calorias.
Talvez seu corpo precise tirar uma folga antes de engatar a quinta marcha. "Esse é o princípio da adaptação. Como seu organismo já se acostumou com um exercício, a solução é variar o estímulo mudando o esporte", afirma o especialista em fisiologia do exercício Alan Marques, do Rio de Janeiro.

1º ANO - Você fica confiante e pensa que já resolveu seu problema

Supere isso... sabendo que o segundo ano é tão importante quanto o primeiro.
Depois de um ano, a dieta saudável e a malhação já foram incorporadas à rotina. Mas isso não basta. Você pode facilmente cair na tentação de retomar antigos hábitos.
Para não perder a linha, dê a si mesma uma recompensa ao marcar 365 dias de batalha. Uma joia, um day spa, enfim, qualquer agrado que a faça feliz. Depois, foque em novas metas.

E mais uma dica:

Se quer perder 10 kg, mas emagreceu 7, estabeleça uma meta sem números, como terminar uma prova de triatlo ou vestir um biquíni de lacinho. Ao completar mais um ano de hábitos saudáveis, os benefícios serão maiores. De acordo com um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, quem mantém uma dieta consistente por dois anos tem 50% menos chance de voltar a ganhar peso. 
Se você já foi tão longe, por que desistir?

Bem legal né?! Adorei essas dicas!Assim dá pra saber como devemos nos comportar em cada fase do nosso processo de emagrecimento!
E vocês, o que acharam?!
Me contem se ja passaram por algumas dessas situaçoes e como conseguiram sair delas!!!

Bjsssssssss

12 comentários:

Simples Assim disse...

Nossa comia sorvete com batatinha quando estava grávida! hahhahaa Lembrei agora =)

Boas dicas viu , botar em prática agora!

Bjs

Wenia Saldanha disse...

E eu comia ate um dia desses com meu marido!kkkkkkkkkk
Nao posso fazer isso tao cedo!hahahaha
Sim,vamos por em pratica!
Bjsssssss

Aline Helen disse...

Amei as dicas, este, sem dúvidas é um dos melhores posts do blog!

Beijo

Wenia Saldanha disse...

Que bom que voce gostou amiga!!!Gosto de colocar essas dicas reunidas aqui no blog,pq assim sempre que temos alguma duvida é so procurar aqui ne?!
Ja estou anciosa pelo seu post de sabado!
Bjsssssss

Mallú Pereira disse...

Oi, vim retribuir todas as visitinhas que você fez ao meu blog. Que bom saber que de alguma forma pude te ajudar te motivando.
Adorei esse texto, e e bem assim mesmo. Estou completando nove meses de mudança e já passei por tudo o que está escrito. Não é mole não, mas vale a pena!
Te seguindo já!!
beijão

cliciene disse...

Ai linda, obrigada pelo carinho, seu blog tá show viu, maravilhoso mesmo, parabéns!

Juliana Carvalho disse...

Primeiro, parabéns por ter conseguido se manter firme e forte, 100% em tudo, que beleza!
Ótimas dicas amiga!Eu estou no 3 mês, logo, já passei por todas as anteriores, e são desse jeitinho mesmo! Obrigada por compartilhar.

Bjs

Mey - Diário de Emagrecimento ! disse...

Adorei o post !!!!!

Wenia Saldanha disse...

Oi Mallú!Que alegria ver voce aqui no meu cantinho!!!
Pois eh!Eu to no primeiro mês,tenho que começar a pensar como driblar as proximas etapas e perder peso!kkkkk
Estarei te acompanhando tambem!
Bjss

Wenia Saldanha disse...

Obrigada flor!Pelas palavras e pela visita!
Estarei sempre por la tambem!
Bjs

Wenia Saldanha disse...

Pois eh Ju,coisas boas temos que compartilhar mesmo!
Obrigada pela visita e pelos parabens!
Bjss

Wenia Saldanha disse...

Fico feliz que tenha gostado Mey!
Bjss